Argentino faz sucesso em São Paulo com hamburgueria que funciona “numa portinha”

A hamburgueria Pão com Carne, localizado no bairro paulistano do Itaim Bibi, tem atraído grandes filas de pessoas em busca de pão, carne e alguns extras para quem gosta. O local foi inaugurado em 2015, fundado pelo arquiteto Pedro Valsassina, de 28 anos.

Argentino de Buenos Aires e com uma família que comanda restaurantes há mais de 100 anos em quatro países, Valsassina até que tentou seguir um rumo diferente, mas acabou voltando para a gastronomia. “Passei minha vida inteira em restaurantes. Sempre quis trabalhar com gastronomia, mas meus familiares me diziam que era muito cansativo e difícil”, disse o fundador da Pão com Carne.

O nome nasceu surgiu da sugestão de um amigo de Pedro e procura expressar a simplicidade da hamburgueria. As opções são limitadas com foco no pão, no hambúrguer e em alguns acompanhamentos, como salada, queijo, bacon e batatas fritas.

Valsassina se formou em arquitetura e atuou na área por três anos antes de finalmente começar a sua hamburgueria. “O Pão Com Carne foi um projeto do que eu acho ser um restaurante ideal. Passei dois anos procurando o local perfeito. Saí do meu emprego e foquei nessa tarefa. Quando eu estava quase pedindo meu trabalho de volta, encontrei esse ponto no Itaim (Bibi), bem perto da onde eu moro”, disse o argentino.
O arquiteto precisou investir R$ 130 mil para abrir as portas e, atualmente, conta com uma equipe de nove pessoas em seu quadro de funcionários. Mensalmente, o Pão com Carne tem atendido uma média de 8 mil pessoas com um preço médio de R$ 27. “Nós focamos em um preço justo e um produto de qualidade. A gente quer giro, queremos atender muitas pessoas. Prefiro que o cliente possa vir várias vezes na semana. Nosso foco é sempre no volume”, disse Valsassina.
O local escolhido, próximo a esquina das ruas Bandeira Paulista e Joaquim Floriano, tem apenas 27 m². Mas era exatamente isso que o fundador queira: “Eu sempre quis um local pequeno. Conheço bem o funcionamento das pessoas do bairro. É uma área plana e as pessoas andam bastante. Isso viabiliza um local menor com um atendimento rápido”.
Porém, o tamanho traz algumas limitações, mas o argentino já tem criado algumas soluções. “O problema de um local menor é que não temos estoque. Hoje, contamos com uma cozinha a 50 metros do restaurante e precisamos estar reabastecendo algumas vezes por dia. A carne e os legumes chegam frescos duas vezes por dia para garantir um produto final de qualidade”, disse Valsassina.
http://revistapegn.globo.com/Empreendedorismo/noticia/2017/04/argentino-faz-sucesso-em-sao-paulo-com-hamburgueria-que-funciona-numa-portinha.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=post

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s